Município de Abrantes

• Distrito de Aveiro • Distrito de Beja • Distrito de Braga • Distrito de Bragança • Distrito de Castelo Branco •
Distrito de Coimbra • Distrito de Évora • Distrito de Faro • Distrito da Guarda • Distrito de Leiria • Distrito de Lisboa •
• Distrito de Portalegre • Distrito do Porto • Distrito de Santarém • Distrito de Setúbal • Distrito de Viana do Castelo •
• Distrito de Vila Real • Distrito de Viseu • Região Autónoma dos Açores • Região Autónoma da Madeira •



Área - 713 Km2  Feriado Municipal - 14  de Junho

Freguesias

• Abrantes (São Vicente e São João) e Alferrarede • Aldeia do Mato e Souto • Alvega e Concavada • Bemposta •
• Carvalhal • Fontes • Martinchel • Mouriscas • Pego • Rio de Moinhos • São Facundo e Vale das Mós •
• São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo • Tramagal •


Ordenação heráldica do brasão e bandeira
Estabelecida em reunião de Assembleia Municipal, em 28/06/1985
Publicada no Diário da República n.º 35, 3.ª Série de 12/02/1986

Brasão De azul, uma estrela de 8 raios de prata em abismo, acompanhada de4 flores-de-lis de ouro, postas em cruz, e de 4 corvos de sua cor, postos em aspa e volvidos em cortesia para a estrela. Coroa mural de 5 torres de prata. Listel branco, com a legenda, a negra, "Abrantes".

Brasão do município de Abrantes



Bandeira - Gironada de amarelo e azul, cordões e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Bandeira e estandarte do município de Abrantes

Bandeira para hastear (2x3)                                                                       Estandarte (1m x 1m)



Segunda ordenação heráldica do brasão e bandeira
Segundo o parecer da Comissão de Heráldica e Genealogia da Associação dos Arqueólogos Portugueses de 02/05/1970
Não adoptada pelo município

Brasão de azul, um pelicano de ouro ferido de vermelho, alimentando três filhotes de ouro, num ninho de negro realçado de prata. Nos dois cantões da chefe, duas flores-de-lis de ouro e, em contrachefe, uma estrela de prata de oito raios. Coroa mural de prata com cinco torres. Listel de prata, com os dizeres "ABRANTES” de negro.*

Brasão do município de Abrantes



Bandeira - Gironada de amarelo e azul, cordões e borlas de ouro e azul; haste e lança douradas*

Bandeira e estandarte do município de Abrantes

Bandeira para hastear (2x3)                                                                       Estandarte (1m x 1m)

*Fonte - Acta n.º2 - Triénio de 1969/1972 - Livro de actas das reuniões da Comissão de Heráldica e Genealogia da Associação dos Arqueólogos Portugueses - 1944-1972 - Arquivo da Associação dos Arqueólogos Portugueses



Transcrição do parecer

PARECER, DE 2 DE MAIO DE 1966, DA COMISSÃO DE HERÁLDICA E GENEALOGIA DA A. A. P. ACERCA DO BRASÃO DE ARMAS, SELO E BANDEIRA DO CONCELHO DE ABRANTES.

Ao estudar-se o assunto, esta comissão observou:

1) O brasão de armas actualmente usado por Abrantes é provido de timbre, elemento heráldico que não deve fazer parte das armas de domínio, e que não existe em nenhum dos muitos centos de brasões de armas municipais cujo uso já foi legalmente aprovado no nosso País. Por outro lado, e neste preciso caso, a sua razão de ser nas armas de Abrantes provirá de certo de qualquer deturpação ou recordação da Família em que o Senhorio e Alcaidaria-mor de Abrantes se manteve até 1833: a dos Condes e, posteriormente Marqueses de Abrantes, Casa de cujas armas o timbre tem sido (desde meados do Séc. XVIII) precisamente um pelicano de ouro. Assim se a manutenção deste como timbre das Armas da Cidade de Abrantes é insustentável, o mesmo se já não passa se ele figurar no campo do escudo; com efeito, e deste modo, ele servirá para recordar uma Família que durante cerca de quinhentos anos esteve intimamente ligada à cidade de Abrantes, e a que esta ficou devendo alguns dos seus mais notáveis monumentos históricos.

2)- O campo do brasão de armas actualmente usado por Abrantes encontra-se sobrecarregado de peças e de esmaltes diferentes, o que produz um mau efeito estético e não é de bom rigor heráldico; efectivamente ali se encontram quatro corvos, quatro flores-de-lis, e uma estrela de oito pontas; por outro lado o campo é azul, a estrela é de prata, as flores-de-lis de oiro e os corvos de negro.

3)- Finalmente, na ordenação actual das armas de Abrantes não aparecem, como é necessário, peças principais, todas se assemelhando nas dimensões.

Estudando o problema, esta Comissão chegou às seguintes conclusões:

1) - Dos elementos existentes nas armas de Abrantes, os corvos são os menos significativos, pois pretendeu-se com eles fazer-se representar o culto a S. Vicente, a quem está ligada e mais antiga e importante Igreja da cidade. Ora aquele Santo só na heráldica de Lisboa se encontra ligado e corvos, e a dois, não a quatro, que, sozinhos, apenas poderiam representar uma extraordinária abundância deste tipo de aves no Concelho de Abrantes.

2) - As flores-de-lis estariam, segundo a lenda, ligadas às armas do primeiro Alcaide-mor de Abrantes, D. Pedro Afonso. Ora o facto é que nada indica que elas fizessem parte do brasão deste de quem nem sequer a exacta filiação (do Conde D. Henrique ou de D. Afonso I) se conhece. No entanto, podendo ela representar a riqueza agrícola do Concelho, é de aconselhar a sua manutenção, mas em menor número.

3) - Quanto ao que a lenda diz sobre a estrela de prata tornando-se símbolo da tomada do Castelo aos mouros (?) a Virgem, Orago de Santa Maria do Castelo, não é também de aceitar; como porém, quando um Concelho pretende a concessão de armas, se deve conservar, tanto quanto possível, o que existe de tradicional quanto elas, e quando essa tradição não for inestética ou anti-heráldica, considera-se que sua manutenção é de aceitar.

Assim, propõe esta Comissão que armas do Concelho de Abrantes sejam: de azul, um pelicano de ouro ferido de vermelho, alimentando três filhotes de ouro, num ninho de negro realçado de prata. Nos dois cantões da chefe, duas flores-de-lis de ouro e, em contra-chefe, uma estrela de prata de oito raios. Coroa mural de prata com cinco torres. Listel de prata, com os dizeres "ABRANTES” de negro. Bandeira esquartelada de amarelo e azul, cordões e borlas de ouro e azul; haste e lança douradas. Selo: circular, tendo ao centro as peças das armas sem indicação dos esmaltes. Em volta, dentro de círculos concêntricos, os dizeres "Câmara Municipal de Abrantes".

O Presidente da Comissão de Heráldica e Genealogia.

a) Marquês de São Payo
Com os meus respeitosos cumprimentos.
O SECRETÁRIO GERAL
a) José Timóteo Montalvão Machado
Lisboa, 12 de Maio de 1970

 

Fonte: arquivo da Câmara Municipal de Olhão. Correspondência recebida 1943-1956



Primeira ordenação heráldica do brasão e bandeira
Segundo o parecer da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses de 20/03/1935
Não adoptada pelo município

Brasão De azul, com uma cruz de malta, acompanhada em cruz por quatro flores de lis do mesmo metal acantonada por quatro corvos de sua cor realçados de ouro, apontados dois a dois. Coroa mural de cinco torres de prata. Listel branco com os dizeres “Cidade de Abrantes” a negro.*

Brasão do município de Abrantes



Bandeira - Quarteada de branco e de negro. Cordões e borlas de prata e de negro. Haste e lança douradas.*

Bandeira e estandarte do município de Abrantes

Bandeira para hastear (2x3)                                                                       Estandarte (1m x 1m)

*Fonte - Acta n.º9 - Livro de actas das reuniões da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses - 1933-1937 - Arquivo da Associação dos Arqueólogos Portugueses

Ligação para a página oficial do município de Abrantes

 



• Município de Abrantes • Município de Alcanena • Município de Almeirim • Município de Alpiarça •
• Município de Benavente • Município do Cartaxo • Município da Chamusca • Município de Constância •
• Município de Coruche • Município do Entroncamento • Município de Ferreira do Zêzere • Município da Golegã •
Município de Mação • Município de Ourém • Município de Rio Maior • Município de Salvaterra de Magos •
• Município de Santarém • Município de Sardoal • Município de Tomar • Município de Torres Novas •
• Município de Vila Nova da Barquinha •



Heráldica História e Legislação • Index • Heráldica Autárquica • Portugal • A - Z • Novidades • Contacto • Ligações •
• 
Ultramar Português •
Miniaturas (Municípios) Miniaturas (Freguesias) Miniaturas (Ultramar)

Página actualizada em 10-02-2022                                                                                         Page updated on  10-02-2022