Cumeada

• Distrito de Aveiro • Distrito de Beja • Distrito de Braga • Distrito de Bragança • Distrito de Castelo Branco •
Distrito de Coimbra • Distrito de Évora • Distrito de Faro • Distrito da Guarda • Distrito de Leiria • Distrito de Lisboa •
• Distrito de Portalegre • Distrito do Porto • Distrito de Santarém • Distrito de Setúbal • Distrito de Viana do Castelo •
• Distrito de Vila Real • Distrito de Viseu • Região Autónoma dos Açores • Região Autónoma da Madeira •



Orago - Santa Ana  Área - 23,2 Km2

Ordenação heráldica do brasão e bandeira
Segundo o parecer da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses de 03/04/2002
Publicada no Diário da República, III Série de 16/08/2002
Registado na Direcção Geral de Autarquias Locais, com o Nº 283/2002, em 17/10/2002

Armas - Escudo de ouro, armação de moinho de negro, cordoada do mesmo e vestida de azul, entre cruz da Ordem dos Templários de vermelho e cruz da Ordem de Malta, filetada de negro, em chefe e monte de três cômoros de verde, movente da ponta. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “ CUMEADA “.

Brasão da freguesia de Cumeada



Simbologia

Cruz da Ordem dos Templários - Representa o facto de a Ordem dos Templários ter sido proprietária do termo da Sertã, no qual se inclui a freguesia da Cumeada. Pouco ou nada se conhece acerca do povoamento do território da freguesia de Cumeada; sabe-se que a área que actualmente corresponde ao seu território sempre pertenceu ao termo da Sertã, que foi da posse dos Templários até 1174, data em que D. Afonso Henriques a entregou à Ordem do Hospital. As notas históricas que se conhecem referentes à freguesia foram retiradas de uma "Carta" de D. João VI, datada de 1806, na qual o monarca manda fazer as demarcações da paróquia de Sant’Ana, que segundo alguns historiadores, quando foi instituída, já ali existia uma ermida em sua veneração. As referidas demarcações feitas pelo monarca satisfaziam um pedido dos moradores dos lugares mais próximos da capela, para que ali se estabelecesse a côngrua para um capelão, o que D. João reconheceu ser da maior utilidade para aquelas populações; criava-se assim uma nova freguesia, que se baptizou inicialmente com o sugestivo nome de "Cumiada".
A cruz da Ordem de Malta - Representa a posse de grande parte dos terrenos da freguesia, por parte Ordem de Malta. Grande parte dos terrenos da freguesia de Cumeada pertenceu à Ordem de Malta e, em 1803, ainda muitos moradores da Cardiga, um dos lugares da freguesia, pagavam foros ao Grão-Prior do Crato, como se conclui de uma apresentação feita no mesmo ano, em que se pedia o perdão deles por se encontrarem na miséria, motivada por uma grande trovoada que destruiu frutos e propriedades.
A armação de moinho - Representa a agricultura, em particular o facto de a Cumeada ter localização propícia à instalação de moinhos de vento e outros. Representa ainda o património cultural da freguesia, a ponte romana da Cova do Moinho, a ponte da Várzea Carreira, alguns cruzeiros e alminhas, exemplo disso a nossa Senhora dos Bons Caminhos, bem como vários moinhos e açudes.
O monte de três cômoros -
Representa o topónimo e a localização geográfica da freguesia. O topónimo desta freguesia deriva da situação em que se encontra, no alto da serra, num pequeno mas fertilíssimo planalto, rodeado por uma sucessão de cumes das mais variadas altitudes.



Bandeira - De azul, cordões e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Bandeira da freguesia de Cumeada                         Estandarte da freguesia de Cumeada

Bandeira para hastear (2x3)                                                                       Estandarte (1m x 1m)

 



• Cumeada • Marmeleiro •



• Cabeçudos • Carvalhal • Castelo • Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais • Cumeada e Marmeleiro •
• Ermida e Figueiredo • Pedrógão Pequeno • Sertã • Troviscal • Várzea dos Cavaleiros •



• Município de Belmonte • Município de Castelo Branco • Município da Covilhã • Município do Fundão •
• Município de Idanha-a-Nova • Município de Oleiros • Município de Penamacor •
• Município de Proença-a-Nova • Município da Sertã • Município de Vila de Rei • Município de Vila Velha de Ródão •



Heráldica História e Legislação • Index • Heráldica Autárquica • Portugal • A - Z • Novidades • Contacto • Ligações •
• 
Ultramar Português •
Miniaturas (Municípios) Miniaturas (Freguesias) Miniaturas (Ultramar)

Página actualizada em 12-03-2021                                                                                         Page updated on  12-03-2021