Lavacolhos

• Distrito de Aveiro • Distrito de Beja • Distrito de Braga • Distrito de Bragança • Distrito de Castelo Branco •
Distrito de Coimbra • Distrito de Évora • Distrito de Faro • Distrito da Guarda • Distrito de Leiria • Distrito de Lisboa •
• Distrito de Portalegre • Distrito do Porto • Distrito de Santarém • Distrito de Setúbal • Distrito de Viana do Castelo •
• Distrito de Vila Real • Distrito de Viseu • Região Autónoma dos Açores • Região Autónoma da Madeira •



Orago - Santo Amaro  Área - 19,87 Km2

Ordenação heráldica do brasão e bandeira
Segundo o parecer da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses de 28/12/2001
Estabelecida em reunião de Assembleia de Freguesia, em 26/04/2002
Publicada no Diário República, III série de 21/06/2002
Registado na Direcção Geral de Autarquias Locais, com o Nº 190/2002, em 06/08/2002

Armas - Escudo de ouro, bombo de verde com pele de prata, realçado de negro e cordoado de ouro, tendo brocante maceta de negro, encabada de vermelho e posta em banda; em chefe, dois ramos de oliveira de verde, frutados de negro e postos em pala; em campanha, monte de três cômoros de verde, firmado nos flancos e movente de um pé ondado de prata e azul de três tiras. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda em maiúsculas a negro : “ LAVACOLHOS “.

Brasão da freguesia de Lavacolhos



Simbologia

O bombo - Simboliza a raiz da cultura popular de um povo que toca e canta a “Moda do Bombo”, artesanato, festa e união da população e colectividades.
Os cômoros -
Simbolizam a localização geográfica associada ao seu topónimo com referência ao Cabeço da Argemela, Cabeço da Maúnça e de onde avista ainda a Serra da Gardunha e Serra da Estrela e ainda a sua estreita ligação às freguesias que partilham deste relevo.
Os ramos de oliveira -
Simboliza a actividade agrícola tradicional de natureza semi-comunitária como a apanha da azeitona, actividades económicas, nomeadamente os lagares de azeite e outras, zona florestal.
O pé ondado - Simbolizam a referência à ribeira Pequena, que nasce na Pedra Grande, no sítio das Malhadas, contorna a povoação de sul para norte e vai desaguar na ribeira Grande, de 5 km de comprimento regando um extenso vale agrícola. Simbolizam por outro lado, a ribeira das Ximassas, chamada ribeira Grande, (15 km) que nasce na Gardunha numa nascente subterrânea e desagua no Zêzere, perto de Silvares. Simbolicamente, pretende-se aludir a importância da água como fertilidade dos campos agrícolas e o lazer.



Bandeira - De azul. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Bandeira da freguesia de Lavacolhos                         Estandarte da freguesia de Lavacolhos

Bandeira para hastear (2x3)                                                                       Estandarte (1m x 1m)

 



• Alcaide • Alcaria • Alcongosta • Alpedrinha • Barroca • Bogas de Cima • Capinha • Castelejo • Castelo Novo •
• Enxames • Fatela • Fundão, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo •
• Janeiro de Cima e Bogas de Baixo • Lavacolhos • Orca • Pêro Viseu • Póvoa de Atalaia e Atalaia do Campo •
• Silvares • Soalheira • Souto da Casa • Telhado • Três Povos • Vale de Prazeres e Mata da Rainha •



• Município de Belmonte • Município de Castelo Branco • Município da Covilhã • Município do Fundão •
• Município de Idanha-a-Nova • Município de Oleiros • Município de Penamacor •
• Município de Proença-a-Nova • Município da Sertã • Município de Vila de Rei • Município de Vila Velha de Ródão •



Heráldica História e Legislação • Index • Heráldica Autárquica • Portugal • A - Z • Novidades • Contacto • Ligações •
• 
Ultramar Português •
Miniaturas (Municípios) Miniaturas (Freguesias) Miniaturas (Ultramar)

Página actualizada em 12-03-2021                                                                                         Page updated on  12-03-2021